Baratinhos: 5 itens que vão te ajudar a ter mais concentração para estudar em casa - Moça de Casa | Carreira, estudos e rotina: de casa

Baratinhos: 5 itens que vão te ajudar a ter mais concentração para estudar em casa

by - setembro 25, 2019




(Antes da lista propriamente dita, eu tenho uma historinha pra te contar e contextualizar a escrita deste texto. Se você está buscando simplesmente por “dicas práticas” ou pelos itens em si, pule para o primeiro tópico ali embaixo).

No primeiro semestre de 2019, eu vivi uma das épocas mais difíceis no quesito bem-estar físico, mental, emocional e espiritual (sim, tudo junto). A ansiedade impregnou em mim, como pó naquele móvel de madeira da sua sala de estar. 

Sempre que eu tinha um respiro era apenas uma brecha. Se você já lavou toda a louça e ficou superfeliz com o resultado, para dez minutos depois ver um novo prato sujo na sua pia, você sabe do que eu tô falando.

A insônia, que era uma das coisinhas que eu menos conhecia na vida, veio junto. Não sei dizer quando a alegria de virar a madrugada virou tristeza, a tristeza virou desespero, o desespero virou motivação… Mas em algum momento eu precisei me colocar pra dormir. E foi difícil. Até que eu comecei a lançar mão de ABSOLUTAMENTE tudo o que diziam que daria certo. Rotina pré-sono, meditação, captura diária [GTD-link] etc. Muita coisa deu certo, algumas não. 

Mas, mais que isso, eu entendi que a frase do Anthony Robbins é 1000% verdadeira:

“Para fazer mudanças profundas em sua vida, você precisa de inspiração ou de desespero."

Antes que você comece a se perguntar o porquê do meu sono importar para a sua concentração, a questão mesmo é entender a razão da concentração importar tanto pra você a ponto de ler sobre isso na internet. 

Você está desesperado o suficiente para colocar as coisas em prática? Precisa apenas de um empurrãozinho inspirador para encontrar a frequência certa hoje (eu sei, alguns dias são mais complicados que outros)? Ou está apenas fazendo mais uma pesquisa, lendo mais um artigo, fingindo pra você mesmo que está avançando no seu projeto? Fingindo que esse é um progresso real quando está apenas fugindo do que sabe que deve (e pode!) ser feito?

Sem essas respostas, você vai continuar dormindo às 7h da manhã e acordando às 16h sentindo o peso de ter fracassado mais um dia. Ok, esse era o meu caso. 

No seu, pode ser realizando mil coisas, menos a que vai, de verdade, te ajudar a avançar naquele projeto. 


Acorda, menina! 

1. Protetor auditivo

Logo mais, aqui no Moça de Casa, sai um post especial sobre como estudar em casa com familiares/colegas de quarto barulhentos, sem acabar em homicídio.

Ainda assim, já adianto um mantra que aprendi com a Thais Godinho, do Vida Organizada:

“É mais fácil calçar chinelos que cobrir o mundo inteiro de borracha para você poder pisar descalço.”

Isso quer dizer que, embora seja tentador instaurar uma lei do silêncio, existem momentos em que é mais fácil “se isolar” do que brecar o outro. 

Por isso, protetores auriculares são uma benção. Conhecidos meus costumam usar também para dormir, quando têm vizinhos barulhentos ou cães latidores notívagos. 

Não é minha praia, mas acho excelente para quem se distrai com qualquer barulhinho e não gosta de estudar/trabalhar ouvindo música. De bônus, eles são bem baratinhos - em geral, custam em torno de 5 reais nas farmácias.

2. Cronômetro

Eu poderia discursar sobre como cronômetros te dão um senso de urgência, permitem calcular a produtividade por minuto e bla bla bla. 

Para mim, no entanto, a melhor coisa dos cronômetros é que eles te obrigam a cumprir os seus tratos com você mesmo - não de produzir, mas de descansar. Tempo rolando? Ótimo. Leia, faça anotações, resolva exercícios. Tempo acabou? Vá beber água, esticar as perninhas ou simplesmente olhar para o céu. 

Por experiência própria, sei que tomar pausas é ainda mais difícil para as pessoas do que produzir. A razão é que elas procrastinam a execução e pulam as pausas por culpa, sentindo que estão desperdiçando ainda mais tempo - mas o ciclo da desgraça nunca acaba e a insegurança e ansiedade só crescem.

Por isso, compre um relógio com cronômetro. Se usar o celular ou computador não representa um risco de distração, vale usar as aplicações próprias.

Só garanta que, pelo seu próprio bem, você vai cumprir o tempo determinado para produzir e o tempo determinado para descansar. Com o tempo vira hábito e fica mais tranquilo, juro.



3. Máscara de dormir

Os meus amigos não aguentam mais a propaganda que faço deste item. Mas foi sim a melhor coisa que comprei na maratona de regular o sono. O breu me deixa mais tranquila.

Se tirar sonecas faz parte da sua estratégia de produtividade (e concentração vespertina, claro), é um ótimo investimento (custa, em média de 10 a 30 reais). Isso porque eu mesma, várias vezes, perdi minutos preciosos de soneca tentando pegar no sono e driblando a luminosidade do dia. 

Se juntar com o item número 1, então: sucesso!

4. Bloquinho de Captura


Tenha você a atenção concentrada ou a atenção difusa como predominante, aposto uma perna minha que você já viveu a seguinte situação: 

Você começa a estudar. Está focado, tem metas e uma pilha de leituras para terminar. Nada te pára hoje. Até que você lembra de fazer x. Ok, você não vai parar agora. Até lembrar que y, outra tarefa MUITO importante e urgente, também não foi feita. E daí o pior pensamento que pode surgir na mente de um estudante aparece: eu só vou fazer uma pausa para completar x e y, porque realmente não posso esquecer. Resultado? É uma distração “importantíssima” a cada bloco de estudo. 

Sabendo que essas distrações vão se repetir todos os dias, é preciso começar a se posicionar de modo que elas não interfiram nos estudos. 



Como? Em geral, um bloquinho de notas para capturar essas coisas que “têm-que-lembradas-de-qualquer-jeito” ajuda muito. De quebra, ainda diminui a ansiedade, o estresse e a sensação absurda de sobrecarga. 

Durante as pausas ou depois da sessão de estudos, você pode separar um bloco de tempo para lidar com as anotações (processando-as). 

Ah, essa dica também é ótima para os insones - vai por mim! <3 font="">

5. Aviso de Porta

Ainda correndo o risco de dar spoilers daquele post sobre familiares barulhentos, o último item é um dos mais subestimados.

Afinal, ninguém tem a obrigação de adivinhar quando a madame precisa de isolamento, certo?! 

Supercomuns em hotéis, as plaquinhas de Não Perturbe ganharam uma diversidade enorme de versões, culminando em avisos de porta tri bacanas. Na internet, os modelos costumam custar entre 10 e 20 reais. 
Se o valor ainda parece alto para você, existem vários tutoriais te ensinando a fazer o seu próprio aviso de porta.
Aliás, como os itens que listei são todos baratinhos, é possível criar uma versão personalizada facilmente. 

Mas acredite em mim: embora singelos, todos vão te ajudar a se concentrar MUITO mais. 

Ah, antes de ir, me conta:

Qual é o produto baratinho (e diferente!) que mais te ajudou nos estudos?


Eu vou amar saber!

Com sono,
Sabrina Santiago.


Postagens Semelhantes

16 comentários

  1. Eu tenho TAG (transtorno de ansiedade generalizada) então eu sei bem como é essa sensação de ansiedade impregnada. Caso o sentimento insista em atrapalhar a sua vida, é legal buscar ajuda médica, mas quanto as dicas para diminuir a ansiedade, com o tempo você aprende o que funciona ou não pra você, lá no meu blog tem alguns textos sobre o assunto.
    Alguém devia ter me dado essa dica de protetores auriculares quando eu morava com meus pais, haha. Minha mãe por si só já fala extremamente alto, minha irmã não vive sem música e meu pai gosta de assistir tv, sem contar que minha família tem doze cachorros no quintal, ou seja, quando tinha que estudar eu corria pra biblioteca que ficava na esquina da minha casa, hahaha. Hoje em dia eu não estou na escola, nem faculdade, mas gosto de estudar marketing e coisas espirituais, e o meu apartamento é um silêncio total, graças a Deus. Na casa dos meus pais eu nunca tive que colocar um aviso de porta, nesse caso minha família era muito educada e quando eu fechava a porta do meu quarto eles já entendiam que eu precisava de sossego. A minha irmã, que ainda mora com meus pais, coloca um papel na porta do quarto escrito: "só me chame em caso de incêndio, ou se alguém pediu uma pizza!" AHSUHAUSHUAHSU Ahh e eu tenho uma máscara de dormir, é maravilhosa! Não troco por nada!
    Sobre o tempo, por trabalhar em casa eu tive que tornar as pausas um hábito, então eu defino um período de tempo para a pausa, e aprendi a não extrapola-lo. E o bloquinho de captura eu faço no meu Bullet Journal, aliás, esse método me ajuda muito a não protelar e organizar minha vida.
    Enfim, comentei com outro texto kkk, mas é que eu gostei muito do seu post, ótimas dicas!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem total razão quanto a descobrir o que funciona para gente, Leslie. É um processo, por vezes lento, mas necessário! ♡

      Excluir
  2. Eu tenho uma coleção de máscara de dormir, sério. Não consigo dormir no melhor vestígio de claridade e me ajuda MUITO com a ansiedade!

    Um beijo,
    Blog da Kitbox

    ResponderExcluir
  3. Que post mais gostoso estou me preparando para um concurso público e vou usar algumas dessas dicas em prática! Adorei esse da porta, nada me irrita mais do que barulho de porta abrindo e alguém falando na minha cabeça hahahahahaha

    Amei o post! Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Acredito que o principal dessa rotina de estudos e concentração é descobrir como a gente funciona. Na época em que estava escrevendo meu TCC, usava as tardes para dar uma descansada e ler coisas mais leves, e estudava "de verdade" e escrevia quando estava sozinha e também de madrugada. Das dicas, eu adorei essa do bloquinho de captura porque isso realmente acontece, o tempo todo vem coisas que a gente precisava fazer e não pode esquecer de jeito nenhum e quando vê não faz nada hauah

    Outro ponto que eu queria comentar era sobre a insônia. Meu sono nunca foi dos melhores, mas ano passado comecei a tomar antidepressivo e meu Deus, foi ladeira abaixo sabe. Já utilizava a máscara de dormir há anos porque não consigo com claridade e o protetor passei a usar há algum tempinho porque meu prédio é mega barulhento e descobri que também não consigo dormir com barulho KKK, ou seja, tudo pra me atrapalhar né.

    um beijo,
    gabi ramalho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Regular o sono foi um divisor de águas para mim., Gabi. Comecei com a máscara e evolui as minhas práticas.

      Sei bem pelo que está passando, querida!

      Excluir
  5. Esse post foi feito pra mim, só pode. Porque olha, eu já perdi tanto tempo da minha vida dormindo e até hoje faço isso. Durmo cinco da manhã e acordo bem tarde e quando percebo, metade do dia eu passei dormindo sem avançar em nada e isso é decepcionante pra mim. É uma sensação mt ruim. Algumas dessas dicas eu já aderi, como a máscara e o bloquinho. Vou tentar colocas as outras em prática também.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por muito tempo tive essa mesma sensação, Larissa. Aliás, foi o que me motivou a buscar outras opções.

      Excluir
  6. Eu só consigo estudar no silêncio (total, de preferência), mas não consigo usar protetores auriculares de jeito nenhum. Não sei porque, me dá um nervoso absurdo, não consigo me concentrar... Uma pena porque sei que é maravilhoso para quem consegue... :/

    Não Me Mande Flores ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não é a primeira pessoa a me contar isso, Camila. O jeito é buscar por outras soluções, né?

      Excluir
  7. Que post mais gostoso de ler e tão repleto de dicas práticas, acessíveis e realmente importantes! AMEI a lista e cada um dos pontos colocados, que realmente fazem toda a diferença. Tenho trabalhado muito de casa e vários dos tópicos servem perfeitamente também pra essa realidade. Lindezura!

    semquases.com

    ResponderExcluir
  8. Máscarade dormir para mim é fundamental. Uso também travesseiro de macela sobre a cabeça que me atendem muito em. Já os protetores de ouvido me incomodam, mas quero me acostumar mais com eles. Acho os blocos de anotações e intervalo de tempo para tratá-las uma ótima ajuda. Uso muito.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderExcluir