Como ter disciplina para estudar sozinho - Moça de Casa | Carreira, estudos e rotina: de casa

Como ter disciplina para estudar sozinho

by - fevereiro 13, 2019

Como ter disciplina para estudar sozinho, bulldog cachorro com touca

Eu amo estudar. Sempre amei. 

Mas diferentemente do que se espera de quem diz uma coisa dessas, eu não amo estudar o tempo todo, nem qualquer coisa

Na escola, por exemplo, eu adorava Filosofia e História. Mas nem consigo contar nos dedos quantas vezes dormi (literalmente) no meio de uma aula de Geografia. (meu sono estava sempre em dia, hehe)

Não é bem o que se espera de uma nerd, né?

Mas já naquela época eu sabia: não importa o quão CDF (ou despreocupado) você pareça, sempre haverão assuntos de fazer o teu coração palpitar e assuntos de te matar de tédio. 

Muitas vezes, dentro de um mesmo tema. Até a diferença entre o estudo que é uma obrigação e uma simples curiosidade é ab-sur-da.

Eu posso dizer com propriedade porque senti isso na pele estudando pra USP. 
Geografia era uma das matérias da minha prova específica, e eu precisava manjar MUITO para ir bem - assim como de História. 

No final das contas, depois de mais de 1 ano de estudo, as duas matérias pareciam um saco no mesmo nível. Mas não é que deu tudo certo?!

Isso só foi possivel porque, mesmo odiando Geografia (como minhas sonecas denunciam) reclamar não era uma opção, sabe? 

Eu não podia me deixar abater pela minha falta de empolgação com placas tectônicas e erosões. Meti na cabeça que passar animada com a matéria e passar morta fariam o mesmo efeito, desde que passasse. 

E é aí que a disciplina entra.

Sempre que eu escrevo sobre EAD por aqui, alguém comenta que adoraria estudar tranquilinha em casa, mas que não tem disciplina pra isso. Inclusive, me pedem algumas dicas.

E como eu já prometi escrever sobre isso e enrolei um pouquinho, nada mais bacana do que trazer esse tema aqui no Moça de Casa depois do retorno, né? 

Por isso, presta atenção no meu passo a passo para se tornar mais disciplinado nos estudos HOJE:

1. Deixe as suas expectativas claras

Estudar em casa e sozinho disciplina

Você já ouviu falar do melô do estudante inspirado

É assim: ele encontra algo (um texto, vídeo, conversa) que o motiva a começar a estudar. Então, empolgado, separa as canetas mais bonitas, os livros mais grossos e os cadernos mais zerados que encontra. Cria um cronograma e se compromete a começar amanhã.

O seu pensamento só foca na sensação gostosa da aprovação. É incrível! Cada célula do seu corpo diz "agora, vai".

Mas, já no dia seguinte, o corpo muda de ideia e... bem... não vai, não!

Quem mais já viveu esse ciclo? 

O grande problema aqui é subestimar a batalha. Nada te impede de se motivar. Nem de ter itens de papelaria frufru. Você pode até criar um Vision Board, se quiser.

Mas se isso é tudo o que você faz antes de começar uma maratona de estudos (que, às vezes, dura meses), deixa eu te contar um segredo: você não tem a menor chance. 

Rita Mae Brown disse, em Sudden Death, que "a definição de insanidade é fazer a mesma coisa repetidamente e esperar resultados diferentes" (não, não foi o Albertinho). 

Agora me conta: se você já experimentou todas as fases desse melô antes e não deu certo, por que você acha que fazer tudo de novo dessa vez vai mudar alguma coisa? Não vai!

Por isso, comece desde já a se acostumar com o fato de que: haverão dias ruins. Haverão dias em que até ler sobre platelmintos no Wikipedia vai parecer mais interessante do que cumprir a sua to-do list. 

O que você faz nesses dias é o que conta. E é para essas batalhas que você deve se preparar de verdade.

2. Se fortaleça para a guerra

Estudar em casa e sozinho disciplina, casa azul, mulher na floresta

Você sabe qual é o seu maior inimigo na hora de estudar? 

Não, não é o edital. Nem a cadeira. Ou o barulho, o horário, o espaço, a luz...

O seu maior inimigo na hora de estudar é a sua mente. 

E não é mais um papo clichê de mindset. É que essa coitada não faz a menor ideia que você acabou de decidir transformar a sua vida e realizar o seu grande sonho

Para ela, importante mesmo é seguir o padrão de sempre e garantir que você, o amor da vida dela, sobreviva (no sentido mais literal da palavra). 

Por isso, o seu segundo objetivo deve ser acalmar a mente. Yoga, meditação, oração, ouvir sua música favorita, captura do GTD... Não importa. Esvazie a mente um pouco. 


Em seguida, se acostume com o fato de que ela ainda não aprendeu a se concentrar. Você vai ter que ensiná-la a fazer isso e treiná-la. 

Leia posts sobre foco, assista vídeos, teste apps de concentração.

Enfim, amole o machado

Encare cada pequena oportunidade de se concentrar no dia a dia como um treino.

Afinal, não adianta dar uma espada (conteúdo) na mão de uma guerreira inexperiente (mente) e mandá-la pra guerra (prova). 

Ela vai ser massacrada, como tem sido até agora. Aja como um general esperto! 

3. Forje a armadura

Estudar em casa e sozinho disciplina, prédio amarelo

Pense nos seus filmes medievais favoritos. Ou vá mais longe e lembre dos gladiadores e guerreiros épicos. É difícil fazer isso sem lembrar daquele uniforme tradicional, com escudo e armadura bem forjados, né?

Isso porque somente um general muito estúpido manda o seu exército à batalha sem protegê-lo. Não importa o quão bom ele seja, ataques eventualmente virão e perdas fatais precisam ser evitadas. 

Se você leu esse texto direito, já sabe que nem todos os dias de estudo serão de inspiração e festa. 

Mas a sua prova não se importa com isso (é, eu sei que essa doeu).

Assim sendo, lançamos mão de estratégias para garantir que nosso progresso esteja protegido, com ou sem inspiração. 

A maior e mais poderosa delas é o hábito.

Você sabe como um hábito se forma? Quais são as suas fases? Que, pelo menos, 40% das suas ações diárias são hábitos? 

Acredite: com 4 de cada 10 ações estando totalmente no piloto automático, a disciplina é apenas mais um padrão a ser adicionado no seu dia.

Afinal, nós não nascemos com hábitos, os criamos. 

Se você está numa jornada #agoravai e está consumindo muito conteúdo sobre o assunto, eu recomendo que leia Pequenas Atitudes, Grandes Mudanças. Faço propaganda dele o tempo todo para os meus amigos, mas a verdade é que o conceito de microrresoluções mudou a minha vida em 2018. 

Se você quiser, eu posso trazer um post mais completo sobre esse livro - afinal, amo tanto que tenho muito a tagarelar. Me deixe saber se é uma boa ideia.

Ah, o IlustradaMente tem um vídeo incrível sobre O Poder do Hábito, que é outro livro superfamoso sobre o assunto e responde  a todas as perguntas que eu te fiz ali no comecinho da seção.

4. Guerreie (ou saia correndo)

Estudar em casa e sozinho disciplina, van amarela em casa vermelha

Cá entre nós: o quanto você quer fazer isso? 

Não estudar para uma prova idiota de, no máximo, umas 4 horas... 

Mas, sim, o quanto você quer se formar? Ou passar nesse curso? Ser aprovada no concurso? Ir morar fora? Mudar de cidade? Conseguir esse emprego?

Porque se você meio que quer mais ou menos, por favor, se poupe. Poupe seu tempo, energia e fôlego. Vá procurar algo que te empolgue de verdade nessa vida ou simplesmente deite no sofá. 

Mas pare de desperdiçar a sua vida fingindo que quer estudar (quando não está estudando) e fingindo que não quer (quando está).

Talvez doa um pouquinho admitir, mas se você continuar assim, vai passar muitos e muitos anos fingindo que vive.

Duvida? 

Então, me conta: há quanto tempo você diz que vai dar tudo de si nos estudos? 

Se faz apenas um dia, eu te perdoo. Do contrário, é nesse fingimento que você vem construindo a sua realidade.

Portanto, se for guerrear, treine bastante, vista a armadura e vá para a batalha para vencer. Senão, é melhor se refugiar na vila e dar uma volta no bosque.

♡ A maravilhosa Nathalia Arcuri fez uma live em janeiro sobre foco (o que cabe super no passo numero 2, né?). Mas uma das maiores lições dadas nesse vídeo, na minha opinião, é sobre clareza e comprometimento. Vale muito a pena assistir!

5. Comemore

Mulher loira segurando livro amarelo, estudar em casa e sozinho disciplina

Você já desenvolveu a concentração, se especializou em hábitos e se preparou psicologicamente para alguns dos piores dias da sua vida? 

aprendeu a aprender (um post sobre o assunto em breve, no Moça de Casa mais perto de você) e decidiu que verdadeiramente quer tornar o seu sonho, realidade? Então, comemore!

Ué, agora? Antes mesmo de terminar? Enlouqueceu, Sabrina? 

Sim, agora! 20 anos como a CDF mais legal que você conhece me permitem dizer: com toda certeza, você já venceu a parte mais difícil. 

Muitas (e repito: MUITAS) pessoas nunca vão sequer chegar nessa fase. Talvez elas se convençam de que nasceram sem foco mesmo, hábitos são impossíveis de mudar e eventualmente vai dar tudo certo, blá, blá, blá. 

Mas nós, eu e você, sabemos como o mundo funciona de verdade. É preciso se comprometer e tomar a responsabilidade pelos próprios resultados.

Então, parabéns! Eu tenho orgulho de você. 

Daqui pra frente, comemore a cada dia. Resolveu um exercício? UAU! Terminou uma redação? É ISSO AÍ! Cumpriu a meta do dia? VOCÊ É INCRÍVEL!

Seja se elogiando mentalmente, assistindo a sua série favorita antes de dormir ou se levando ao cinema no final de semana. Não importa. Celebre os bons resultados, com a mesma intensidade com que ficaria chateado se desse tudo errado.

Você merece!

E agora?

Estudar em casa e sozinho disciplina

Se você colocar todos os passos em prática, eu tenho certeza que o dia a dia (também chamado de: colocar a bunda na cadeira e estudar) será muito mais simples. 

Para relembrar, os 5 passos para desenvolver mais disciplina para estudar sozinho são:


  • Deixe as suas expectativas claras - Tome consciência de que você não estará se sentindo inspirado todos os dias.
  • Se fortaleça para a guerra - Treine o seu cérebro para ser mais concentrado.
  • Forje a armadura - Estude sobre hábitos e os crie intencionalmente.
  • Guerreie ou saia correndo - Tenha absoluta certeza de que você realmente quer conquistar a sua aprovação (ou qualquer que seja o objetivo do estudo).
  • Comemore - Cada pequena conquista merece uma dancinha. 

Seguindo essas dicas, você terá muito mais foco e finalmente desenvolverá a disciplina de que precisa para atingir a meta (e dobrar a meta) com a qual sempre sonhou.

Logo mais, pretendo criar uma série com dicas mais práticas sobre como desenvolver foco, concentração, motivação... Que são conceitos diferentes de disciplina. 

As dicas envolveriam ferramentas, métodos e afins. O que você acha? ;)

Por ora, a minha lição de casa é: escolha um único passo para pôr em prática a-go-ra. Assistindo um dos vídeos que indiquei, que seja. 

Mas faça agora - eu sei quantos textos você lê por dia e fecha sem praticar nada do que eles te ensinam (estou de olho, hein!).

Não quero mais uma vida de estudos mais ou menos para você. 

Lembre-se: você merece o mundo (e além)!

Com elmo dourado,
Sabrina Santiago.

Postagens Semelhantes

12 comentários

  1. Oi Sabrina, tudo bem?
    Amei as dicas e as metáforas usadas hehe! :)
    Não sou muito boa estudando sozinha mas, quando é preciso, eu consigo ser determinada pra isso. Só não é minha preferência mesmo, prefiro aula presencial.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou a louca das metáforas! Mas é MUITO bom saber que você encontrou sua preferência, Pri. No fundo, é isso que importa.

      Excluir
  2. Olá Sabrina, tudo bem? =)

    Amei demais cada uma de suas dicas e quero sim que fale mais sobre o livro Pequenas Atitudes, Grandes Mudanças, pois ultimamente depois de muita correria ano passo estou em uma vibe maior de descansar e quando vejo o dia já foi e não estudei nada, nem fiz minha To do list completa.

    Super dicas estas e recomendo fortemente. Além de outra que é, mesmo pensando no estudo descansar é super importante também.

    Beijinhosss, Tham

    http://www.4youbooksmania.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou providenciar o post sobre esse livro maravilhoso. Acho que te faria muito bem lê-lo, inclusive pra desenvolver hábitos que te permitam descansar melhor. Você merece!

      Excluir
  3. Eu estou a fim de fazer um curso EAD esse ano, e achei seu post incrível! Já tenho uma noção de como devo ou não agir! xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  4. Olá, Sabrina.
    Gostei da postagem e achei as dicas bem legais. Graças a Deus eu sempre fui daquelas que bastava prestar a atenção na aula e eu já aprendia, nunca precisei estudar em casa hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que aluna aplicada, hein? ♡ Mas essas dicas valem pra qualquer tipo de estudo, não necessariamente escolares.

      Excluir
  5. Nossa como amei seu texto, adoro o jeito que você escreve. Amei as dicas, eu tenho estudado em casa depois que terminei a pós. E já tive momentos bem difíceis de concentração, vou seguir suas dicas
    Charme-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simone, obrigada! Orgulho de ter uma mulher tão aplicada por perto ♡

      Excluir
  6. gostei da postagem, quando eu prestei vestibular foi dificil. mas adorei o post, ficou muito bom bjs bjs. https://beperes.blogspot.com/

    ResponderExcluir